• Home
  • Gatos
  • Como alimentar seu gato corretamente

Como alimentar seu gato corretamente

Pode parecer simples, mas alimentar o seu gatinho requer vários cuidados que são fundamentais para sua saúde.

É muito comum que os felinos passem o dia todo se alimentando com pequenas porções. Eles podem comer de 10 a 20 vezes no mesmo dia. Sua alimentação requer um alto nível de gorduras e proteínas se comparada com a dos cães.

Também é importante saber que um gato é diferente do outro e por isso é comum que alguns não aceitem alimentos que outros adoram. Entender a preferência do seu bichinho é fundamental para comprar aquilo que lhe faz bem. Essa preferência irá depender do  alimento, textura e saúde do gato.

A ração seca é a mais indicada para seu gatinho. Com ela, as chances do seu companheiro ter tártaro nos dentes é menor e ainda o deixa com menos cheiro na boca e nas fezes. Além disso, estimula o seu bichinho a tomar mais água.

Já a ração em lata é um pouco mais cara e mais indicada para os animais que necessitam de reposição de líquidos. Ela é mais saborosa e úmida, porém contribui para a formação de tártaro nos dentes e mau hálito, assim como cheiro mais forte nas fezes.

Uma substância importante para qualquer gato é a taurina, pois ela está envolvida na formação e funcionado da retina deles, bem como a formação de sais biliares. A falta desse componente em sua alimentação pode gerar alguns problemas futuros, como a degeneração da retina e cegueira. Atualmente, as rações para os gatos possuem um bom teor de taurina em sua composição.

É importante destacar que a alimentação deve ser feita de acordo com a idade do seu bichinho. Nas embalagens é comum vir registrado a idade adequada para aquele tipo de ração.

Existem muitos alimentos que acreditamos serem adequados para o nosso gatinho, porém são um erro e podem ocasionar problemas.

Leite

Apesar de ser muito comum, o leite de vaca não é recomendado. Muito disso devido a diversos gatos possuírem intolerância à lactose e podem ter diarreia.

Sobras

Sabemos que é difícil negar qualquer alimento para eles quando nos olham daquele jeitinho manhoso. Porém, evite dar sobras de sua comida a eles. Os alimentos para humanos podem provocar diarreias, tártaro e outros males, além de não fornecer a nutrição correta.

Ossos

Os ossos podem provocar lesões na mucosa do trato gastrointestinal e até perfurações Portanto, não é adequado para os gatos. Porém, se for um osso grande e que não solte lascas, não há grandes riscos. Mas nunca dê ossos de porco ou galinha.

Carne e Fígado

Ambos não fazem mal, porém não devem servir de substituição à alimentação tradicional, apenas como um complemento. Em excesso pode causar intoxicação alimentar.

Agora que você já sabe bem como cuidar e alimentar o seu gatinho, é hora de se adequar as dicas e alimentar o seu pequeno da maneira correta. Além disso, passe na Casa do Produtor e conheça as marcas e alimentos que temos para o seu bichano.

Deixe uma resposta