• Home
  • Cães
  • Como cães e gatos enxergam seus donos?

Como cães e gatos enxergam seus donos?

Amantes de gatos e cães já perceberam que esses animais têm comportamentos diferentes em relação aos seus donos. E não estamos falando só do clichê “cães são amorosos, gatos são distantes”. As diferenças no comportamento deles vão muito além da personalidade de cada bicho, e têm a ver com a forma como eles nos enxergam.

Estudos mostram que cães, mesmo sabendo que não somos outros cães, vêem seus donos como o líder do bando, o alfa. Gatos, por outro lado, nos enxergam como se fôssemos outros gatos – só um pouco diferentes e atrapalhados, talvez.

O líder do bando

Cães são descendentes dos lobos selvagens, que são animais que vivem em matilhas organizadas em torno de um alfa, o líder do grupo. Na relação deles com os humanos, eles nos enxergam como esse alfa: um membro da família que lidera o grupo.

Sinais de que isso é verdade são visíveis no dia a dia: quando ele começa a seguir você pela casa, por exemplo, ou quebra o contato visual antes de você, são demonstrações de respeito visto também em matilhas selvagens.

Um dos maiores sinais de que você é o alfa é que seu cão confia em você em momentos de estresse, tendo calma na hora de algum procedimento médico ou sabendo que você vai providenciar comida.

Outras pesquisas mostram que cães agem com seus donos como crianças humanas agem em relação a seus pais. Imagens de ressonância magnética do cérebro de cães mostram que eles confiam nos humanos na busca por proteção e afeição mais até do que o fazem com outros cães.

Um gato grande e meio desengonçado

Com gatos a história é outra. Cientistas já perceberam faz tempo que cães mudam seu comportamento perto de humanos. Gatos, porém, agem em relação a nós como agem perto de outros gatos: o modo como eles esfregam o corpo em nós ou sentam perto de nós é exatamente o que eles fazem com outros animais de sua própria espécie.

Isso dá a entender que eles nos enxergam como outros gatos – grandes e desengonçados, mas ainda gatos. Há teorias que dizem, inclusive, que gatos trazem animais mortos para seus donos como uma forma de os ensinar que é importante caçar e trazer comida para casa – como se fôssemos gatos que não sabem muito bem sobre essa prática importante.

Especialistas dizem que eles têm algo em comum com os cães, porém: gatos também agem conosco como agem com suas mães, e esperam carinho em resposta.

 

Deixe uma resposta